Vereadores tentam a volta do IAMSPE para Olímpia

Becerra e Puttini já haviam debatido o assunto em sessão passada da Câmara, agora foram a SP

 

Os vereadores Beto Putinni (PTB), presidente da Câmara, e Alcides Becerra Canhada Júnior (PDT) estiveram na quarta feira, 22, na capital paulista, em audiência junto ao deputado estadual Campos Machado (PTB), ao superintendente do Instituto de Assistência Médica do Servidor Público do Estado de São Paulo-IAMSPE, Lafiti Abrão Junior, e ao chefe de Gabinete Roberto Baviera, quando solicitaram estudos para a viabilização de um novo contrato de convênio do IAMSPE com a Santa Casa de Misericórdia de Olímpia.

O assunto já tinha sido debatido na Casa de Leis, na sessão do dia 13 passado, quando Becerra informou ter mantido conversa com o diretor-administrativo do hospital, Vivaldo Mendes Vieira, e este teria lhe dito que a Santa Casa tem sim, interesse em reativar o convênio, mas com aumento do teto.

O convênio foi rompido em Olímpia há alguns anos, entre outras coisas porque os médicos que atendiam por meio dele foram descredenciados, devido à baixa remuneração. “Toda Santa Casa tem interesse em atende o convênio. Tudo depende da tabela de valores”, disse Becerra na Câmara. “Se tiver uma boa tabela de remuneração e médicos credenciados, o hospital aceita o convênio”, completou.  Atualmente os servidores do Estado com IAMSPE só são atendidos em Rio Preto e Barretos.

O superintendente teria reconhecido a situação dos funcionários estaduais que hoje se deslocam para as cidades vizinhas para serem atendidos, e se prontificou em enviar uma equipe técnica para avaliar o quadro e se posicionar quanto à real situação.

“A reunião foi muito produtiva, pois deixamos clara a nossa situação”, avaliou Puttini. “Esta é uma reinvindicação antiga de todos os funcionários, que voltariam a ter atendimento em nossa cidade sem a necessidade de deslocamentos para outros municípios”, disse Becerra.

Comentários