Verba para Carnaval-2014 deve ultrapassar R$ 74 mil

 

Embora o prefeito Geninho (DEM) ainda não tenha anunciado oficialmente qual será a verba a ser destinada às três escolas de samba neste Carnaval-2014, o valor não poderá ser inferior a R$ 74 mil, caso uma Lei de 2010, de autoria do próprio Executivo, seja respeitada. Assim, cada uma das agremiações receberia mais de R$ 24,6 mil. No ano passado foram liberados pouco mais de R$ 23,3 mil a cada uma. O secretário de Cultura e Lazer, Guto Zanette, garantiu esta semana que a Lei será respeitada.

Trata-se da Lei 3.403, de 22 de janeiro de 2010, que autoriza o Executivo Municipal a repassar subvenção às escolas de samba para os desfiles carnavalescos. Ela foi aprovada por unanimidade na Câmara de Vereadores no final de 2009.

Por meio desta Lei, a prefeitura ficava autorizada, através do Executivo, em 2010, a repassar às escolas de samba de Olímpia, o valor de R$ 53,5 mil, para as despesas destas agremiações para os desfiles carnavalescos. No entanto, como a Lei prevê que o referido valor será atualizado pelos índices oficiais (de inflação) para os anos vindouros, em 2013 a verba foi de R$ 69,96 mil, cabendo a cada escola os mais de R$ 23 mil.

Portanto, a este valor deve ser aplicada a inflação do ano passado, de 5.91%, o que elevará o montante para R$ 74.097, ou R$ 24.699 para cada uma das três agremiações – Samba Sem Compromisso, Vem Comigo e Unidos da Cohab (Sempre Arrasando e Gaviões da Verde e Rosa desistiram da festa há dois anos atrás).

Este ano, o festejo carnavalesco coincidirá com a festa dos 111 anos de fundação de Olímpia, cuja data é 2 de março. A festa de Momo tem início no dia 1º e se estende até 4 de março. “Estamos cuidando de todos os detalhes para que no domingo possamos fazer uma festa grande, até com queima de fogos”, adiantou Guto Zanette.

Para o Carnaval em si ele disse já ter contratado quatro bandas, que vão tocar nas quatro noites nos bailes ao ar livre, na Praça da Matriz. Os desfiles de domingo, 2, e terça-feira, 4 de março, serão no entorno das praças da Matriz e Rui Barbosa.

Comentários