Terrenos no DI-lll devem ser licitados em março

Após sete anos de total paralisação de ações em torno do terreno onde será implantado o Distrito Industrial lll, finalmente no final deste mês ou no mais tardar em início de março, será realizada a licitação dos 64 lotes aos empresários interessados. Sob responsabilidade da Secretaria de Agricultura, Comércio e Indústria, o secretário Dirceu Bertoco delegou ao diretor de Comércio e Indústria, Flávio Vedovato Arantes, a concretização do projeto.

 E é ele quem garante que as obras de infraestrutura do local “estão 90% prontas”, e que em 30 a 40 dias será instalada a rede primária de energia elétrica. A licitação dos lotes será então realizada. Ele estima como prazo máximo o começo de abril. De acordo com ele, no momento há quase 60 empresários interessados. O diretor adianta que já pensa em criar novos distritos industriais na cidade, “inclusive com recursos do próprio DI-lll”, projeta.

No âmbito do atendimento ao trabalhador, Arantes informa que medida importante a ser tomada nos próximos dias é transferir o Posto de Atendimento ao Trabalhador-PAT para o prédio da Secretaria, o que possibilitará uma economia de R$ 40 mil no ano. Esta mudança está prevista para março. 

CALÇADÃO
Ainda em fase de elaboração do questionário de coleta de opiniões junto ao comércio local, o projeto de implantação do calçadão na área central da cidade está em pleno andamento. No momento, diz Vedovato Arantes, pretende-se ir “de porta em porta” conversar com os comerciantes, a fim de apurar se a categoria quer ou não esta novidade. “Este trabalho terá início em abril”, garante.

Há duas propostas elaboradas. Uma delas prevê calçadão por inteiro no quadrilátero mais central – na David de Oliveira, entre Dr. Antonio Olímpia e Coronel Francisco Nogueira, e São João, entre Américo Brasiliense e David de Oliveira. A outra ideia, com mais chances de aprovação, é o alargamento das calçadas mantendo no centro um corredor para carros.

 

Comentários