Semana da Diversidade fechou com marcha no centro

Durante quatro dias, foram realizadas diversas atividades gratuitas e abertas a toda a população LGBT, famílias e profissionais dos serviços, na Casa da Cultura

Uma Marcha pelas ruas centrais da cidade com o tema “Juntos na luta pela diversidade de amar e contra a LGBTFOBIA” marcou o encerramento da 1ª Semana da Diversidade da Estância Turística de Olímpia. O evento teve como objetivo contribuir para as ações afirmativas, celebrar o orgulho LGBT-Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros, angariar respeito à diversidade e igualdade racial e às diferenças, “na construção de uma sociedade mais inclusiva, solidária, democrática e igualitária”.

A Semana teve organização do Grupo Pela Diversidade de Amar (PDA), com apoio da Associação Paulista dos Amigos da Arte, Museu da Diversidade de São Paulo, Assessoria de Cultura, Gênero e Etnias, Governo do Estado e da Prefeitura.

Durante quatro dias, foram realizadas diversas atividades gratuitas e abertas a toda a população LGBT, famílias e profissionais dos serviços, na Casa da Cultura. A programação também contou com rodas de conversas com representantes e autoridades de entidades e órgãos estaduais; além de apresentações culturais, performances, danças e teatro.

Destaque ainda para a exposição “Homofobia Fora da Moda”, cujo acervo do Museu da Diversidade de São Paulo esteve disponível para visitação na Casa da Cultura, entre os dias 18 e 20 de julho.

O encerramento das atividades no sábado (21), que celebrou o Dia do Orgulho LGBT, contou com a Marcha. A concentração foi na Casa da Cultura e seguiu até a Praça da Matriz. A ação teve também a participação de grupos sociais como mulheres que lutam pela igualdade social e pessoas com deficiência. Na Praça, Rachel Shineyder fez a apresentação oficial dos grupos de danças e das performances das drags queens, Reddy Allor, Cover Oficial Pablo Vitar, Cover Gloria Groover e Deejay Priscila Nogueira.

Comentários