Saúde informa que Olímpia terá 11 mil doses da H1N1

Novo lote de vacina da gripe chegou quarta-feira; até ontem tinham sido vacinados 5,361 mil pessoas, não incluindo portadores de doenças crônicas

Já está disponível desde quarta-feira, dia 4 de maio, nas Unidades de Saúde da Estância Turística de Olímpia, o novo lote de vacina da Gripe Influenza A (H1N1). No último sábado, dia 30 de abril, foi realizado o “Dia D”, em que foram vacinados idosos, crianças de seis meses até menores de cinco anos, trabalhadores da saúde do serviço público e puérperas (mulheres que acabaram de dar à luz até 45 dias). No total foram aplicadas 4,6 mil doses destinadas pelo Ministério da Saúde, segundo informou a Secretaria Municipal de Saúde.

O lote a ser destinado para o município compõe-se de 11 mil doses, de acordo com o que garantiu a secretária Silvia Forti Storti, conforme palavras do vereador Leonardo Simões (SD), destacado para falar sobre o tema na Câmara, onde é líder do prefeito. Segundo Simões, outras seis mil doses chegariam na quarta-feira passada. E ontem no início da tarde, Eloá Cristina de Azevedo de Souza, diretora da Divisão de Vigilância em Saúde, informou que só na quarta-feira haviam sido aplicadas mais 761 doses da vacina.

A partir de quarta-feira, 4 de maio, todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) receberam novos lotes da vacina e retornaram a Campanha de Vacinação. Este primeiro grupo é prioridade até nesta sexta-feira, 6 de maio, porém podem ser vacinados até o dia 20 de maio, data de encerramento da campanha.

Na próxima segunda-feira, 9 de maio, os profissionais da saúde do município realizarão a imunização dos doentes crônicos (diabéticos, hipertensos, cardíacos etc.). Até o dia 20 de maio, todas as UBS’s atenderão de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas. Eloá Souza disse também que a Saúde irá colocar em ação uma unidade móvel de vacinação para atender internados, acamados, internos do Abrigo São José, Alunos da APAE e demais pessoas impossibilitadas de se dirigirem aos postinhos.

Ela reforça a informação de que a cidade só registrou até o momento dois casos de H1N1. No momento três exames aguardam resultados. A diretora disse também que a “correria” dos últimos dias já não existe mais, e que o trabalho em torno da vacinação está transcorrendo normalmente. “O tumulto se deu por causa da chegada mais cedo da doença. O normal é ela se manifestar no inverno, e este ano veio ainda no verão. Mas agora está tudo sob controle”, garantiu.

DENGUE: 102 POSITIVOS
Conforme informações da diretora de Vigilância em Saúde, Olímpia registra até o momento, 102 casos positivos de dengue, com 833 notificações, das quais 50 ainda se aguardam resultados. Dos 102 casos positivos, 10 são “importados”, segundo Eloá. Ela considera a situação ainda sob controle, mas cobra dos cidadãos a parte que cabe a eles: manterem limpo seus quintais. “Contamos com a colaboração de todos para eliminar os criadouros”, diz. Ela lembra que a equipe de agentes está maior agora, mas que a ação dos moradores “continua sendo imprescindível para que todo trabalho dê resultado”.

 

Comentários