Salata contesta afirmações de Cunha sobre mortes por dengue

Vereador chega a dizer que o prefeito estaria ‘faltando com a verdade’ quando nega que tenha ocorrido mais mortes do que ele citou em entrevista

O vereador Luiz Antonio Moreira Salata (PP) disse na sessão ordinária da Câmara de Vereadores, na segunda-feira, 3 de junho, que o prefeito Fernando Cunha (Sem partido) “falta com a verdade” quando afirma que o município teve menos mortes do que no seu entender teve por causa da dengue. Segundo Salata, quando faz esta afirmação, Cunha demonstra que ou não está em contato com a Secretaria da Saúde, “ou está faltando com a verdade”.

Salata se refere a uma entrevista concedida pelo prefeito esta semana, quando ele afirmou que só havia um caso de morte por dengue hemorrágica e havia outros dois em investigação. “Ou o prefeito não está em contato com a Secretaria da Saúde ou está faltando com a verdade”, disse, para em seguida mostrar os seus números. “Eu tenho três mortes, uma no dia 26, outra no dia 31 e outra no dia 2 passado”, relacionou. “Não vou citar nomes porque não fui autorizado”, observou.

“No dia 23 de maio eu obtive informação de fonte segura que havia 15 casos confirmados de dengue hemorrágica e cinco estavam sendo investigados por morte”, continuou. “Eu fico indignado com isso, porque envolve a segurança das pessoas, a saúde do olimpiense. O prefeito, dessa forma, comete fraude de informação”, complementa.

Salata disse ainda que a Divisão Regional de Saúde, DIR, de Barretos, informou que Olímpia tem o mais alto índice de bretô do Estado, e nada se tem feito. “O prefeito demora muito para tomar decisões, e ainda esconde óbitos”, comentou.

Comentários