Ruiz quer criação de Conselho de Defesa dos animais

O vereador Hilário Ruiz (PT) se reuniu na última segunda-feira, 19, com voluntárias que defendem os direitos dos animais. O objetivo desse encontro foi discutir a atual situação do canil municipal e planejar ações futuras visando o bem estar destes animais.

Um dos assuntos que mais causa preocupação às voluntárias é a futura instalação do canil municipal. Segundo elas, a obra não está adequada, não possui o mínimo de infraestrutura para atender a demanda. O mesmo foi constatado pelo vereador Hilário Ruiz em visita ao local. Segundo o vereador, “o novo canil não está preparado para receber o número de animais que possui atualmente, sem condições de dar tratamento com dignidade, necessitando de ampliação e melhorias no planejamento”.

 O canil possui oito “baias” que não suportam nem a metade da demanda que Olímpia possui. “Não existe separação entre animais. Deveria haver espaço adequado para os doentes que necessitam de tratamento especial. O local onde seria para abrigar não protege do sol nem da chuva”, complementou.

Já em visita ao canil atual, Hilário Ruz constatou que a estrutura é um pouco melhor, porém falta espaço. Segundo informações de um funcionário, o canil já está em sua capacidade máxima, estão no local cerca de 100 animais, não havendo espaço para novos. “Não existe como aumentar o número, e essa situação afeta o serviço de recolhimento das ruas. Hoje, o canil recolhe somente animais de grande ou pequeno porte, desde que esteja muito doente ou necessite ficar em observação”, contou.

Hilário Ruiz se comprometeu com as voluntárias de defesa dos diretos dos animais em buscar políticas públicas visando melhorias. “Assim que retomar os trabalhos no Legislativo, apresentarei projeto para proposta de implantação no município do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos dos Animais. Esse conselho terá a participação da comunidade e poder público, não é aceitável que tomem medidas sem consultar a população ou setores envolvidos diretamente, como por exemplo, Ongs, Oscips, etc”, declarou

“Segundo quem entende do assunto, ações sem envolvimento da sociedade gera gastos desnecessários do dinheiro público”. O vereador também abordou a importância do controle populacional de cães e gatos através da castração, ampliando o valor do repasse para a associação que presta este serviço, bem como estendê-la para os animais machos - hoje só as fêmeas são castradas -, além de incentivar feiras de adoção e campanhas educativas para evitar o abandono e maus tratos.

O vereador Hilário Ruiz pretende ampliar a discussão acerca do assunto, ouvindo outras entidades, voluntários, a fim de tornar o projeto do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos dos Animais uma realidade, com eficiência, planejamento e participação popular.

A reportagem do Planeta News manteve contato com a direção do Canil expondo o assunto tratado pelo vereador, quando disseram que encaminhariam esclarecimentos por e-mail. Mas, até o fechamento desta edição nenhuma resposta chegou à redação.

 

Comentários