Reclamação de serviço prestado acaba em morte

Vítima não teria ficado satisfeita com serviço mecânico

Segundo informações do setor de investigação da Delpol de Olímpia, um desentendimento por serviço prestado levou o mecânico, vulgo “Poneis”, a assassinar com três tiros, Sidnei Antonio Smolari, de 50 anos, conhecido como “Major”, que estava no pátio da KM Auto Peças, na noite de ontem, 2 de fevereiro.

A esposa da vítima prestou depoimento dizendo que o marido possuía um veículo Gol e que o veículo havia passado por  reparos pelo mecânico “Poneis”, mas que o defeito permanecia, o que levou a vítima a reclamar do serviço prestado. Segundo ela, passaram a se desentender e por várias vezes brigaram, tanto por telefone como pessoalmente, e ontem o desentendimento acabou em morte.

Investigadores estiveram á procura de “Poneis”, que segundo consta reside na Avenida Manoel  Cunha, 405, mas não o encontraram.

A vítima foi atingida por disparos de uma pistola calibre 38, sendo um no braço, outro no tórax e também um nas costas. Apesar dos tiros, Sidnei teria conseguido correr por dois quarteirões até conseguir socorro. Chegou com vida ainda à UPA, mas não resistiu aos ferimentos e veio a falecer.

 

 

 

 

 

Comentários