Prefeitura não cobrará ‘puxadinho’ de 2009/10

Secretário de Finanças informou que empresa atrasou entrega do levantamento

Os contribuintes de Olímpia podem respirar aliviados. O Setor de Tributos da Prefeitura Municipal decidiu não cobrar mais a diferença dos chamados “puxadinhos” de 2009 e 2010. Os carnês do Imposto Predial e Territorial Urbano-IPTU a serem entregues nos próximos dias, só trarão os valores atualizados de 2011. A culpa por esta “bondade” municipal seria da empresa de georreferanciamento, que não concluiu o trabalho a tempo. O secretário de Finanças Cleber Cizoto não disse se haverá cobrança da diferença dos que sonegaram em 2009 e 2010, posteriormente.

“Apesar de a empresa ter começado este trabalho em 2007, só agora ela o concluiu. Fora do tempo para cobrarmos os valores retroativos. Só vamos atualizar 2011”, explicou Cizoto. Segundo ele, a empresa voou também em 2009, mas não entregou o resultado a tempo para o processamento de 2010. A idéia inicial era cobrar as diferenças de 2009 e 2010, e atualizar os valores em 2011.

Os cerca de 16 mil carnês do IPTU começarão a ser entregues na semana que vem, segundo pretende Cizoto. A partir deste ano o imposto será pago em dez parcelas, a partir de 10 de março, ou em parcela única com 5%. Somados IPTU mais taxa de lixo, e ISS fixo, serão distribuídos entre 19 mil e 20 mil carnês. A expectativa é de arrecadar cerca de R$ 5 milhões com o IPTU, taxa de lixo e combate a incêndio.

De acordo com Cizoto, a partir de hoje já estaria disponível na internet a conta total de cada contribuinte, para impressão de boleto e pagamento à vista.

Comentários