Pré-candidato Beto Puttini denuncia à polícia vídeo ofensivo

O pré-candidato do PTB a prefeito de Olímpia, Humberto José Puttini, registrou Boletim de Ocorrência na Delegacia de Polícia de Olímpia, nesta segunda-feira, 11 de julho, denunciando gravação e divulgação de um vídeo em que o incapaz Anderson Estevão Alves, conhecido como “Dólar”, profere palavras contra sua candidatura, e cuja gravação teria sido feita por assessores do pré-candidato seu adversário, Fernando Augusto Cunha.

No vídeo, Anderson diz a seguinte frase: “Beto Puttini, você nunca vai ser prefeito de Olímpia, certo? Você nunca gostou de pobre! Credo!”. De posse do vídeo, Puttini foi primeiro conversar com a mãe de Anderson, que preocupada gravou um pedido nos seguintes termos: “Eu sou a mãe do Anderson. Hoje pagaram R$10 para ele falar mal do Beto Puttini. O Beto Puttini é uma boa pessoa. Ele é amigo de todo mundo. Eu gostaria que não usassem o Anderson para falar de política”. Na delegacia, Anderson, acompanhado de sua mãe, e mediante reconhecimento fotográfico, disse que o dinheiro lhe foi dado por “um homem conhecido como ‘Durrula’”, e quem filmou teria sido “Fernandinho Gottardi”, ambos presentes no local dos fatos, juntamente com “Paulo Marcondes” e “Jucelino Yoshida”, todos identificados no plantão da polícia, por meio de fotos de redes sociais.


Confira abaixo os dois vídeos:



Comentários