População reclama da falta de iluminação

“Cidade está escura e pode aumentar criminalidade” - diz mãe preocupada

 

Durante toda semana, a redação do Jornal Planeta News recebeu inúmeras reclamações sobre a precariedade da iluminação em alguns locais, em especial na Avenida Aurora Forte Neves, considerada corredor turístico, e a Avenida do Folclore que liga a cidade ao Thermas dos Laranjais. A reportagem esteve no local e encontrou nove postes consecutivos sem iluminação em um dos lados da Avenida Aurora Forti e outros, mais espaçados, ao longo da via.

 

Em um dos e-mails recebidos na redação, uma dona de casa se diz preocupada com a situação, pois com a volta às aulas muitos jovens, como seu filho, trabalham durante o dia estudam à noite e a falta de iluminação pode favorecer tanto furtos como tráfico de drogas.

 

Consultado a respeito, o Secretário de Obras, Rene Galleti, declarou: “Uma linha de poste (que começa mais ou menos em frente ao boliche e vai até a ponte do clube de campo) está totalmente em curto-circuito. Já solicitamos a compra dos contatores e relés que estão queimados. Além disso, estou aguardando o caminhão “munk” para realizar o serviço. Está nas metas da Secretaria de Obras a substituição de todos os postes de iluminação publica, da Floriano Peixoto até a ponte do Clube de Campo”.

 

Informou, ainda, que ”É comum a queima de lâmpadas ou de outros componentes de postes de iluminação publica. Sempre que acontece tentamos sanar o problema com maior brevidade possível. A Prodem está estudando a aquisição de um caminhão cesto para dar mais agilidade ao processo”.

O município arrecadou com a CIP- Contribuição de Iluminação Pública-, em 2013, o montante de R$ 1.382.906,75, sendo que deste valor R$ 979.906,40 foram investidos em iluminação pública, e o restante, segundo o Secretário, em expansão da rede de energia no município.

 

 

 

 

Comentários