Parede da represa cai com as chuvas

Estimativa é que recuperação custará em torno de R$ 100 mil à prefeitura

 


O desmoronamento ocorreu por excesso de chuvas; parede serve exatamente para evitar enchentes

Prefeito, secretário de Obras e até o vereador Primo Gerolim (DEM) lamentaram na tarde de quinta-feira, 10, o que consideraram “mais um prejuízo contabilizado para o tempo chuvoso em Olímpia”: o desmoronamento do extravasor lateral da “Represa do Recco”. O acidente aconteceu por volta das 15h. O Daemo faz monitoramento do local para evitar danos maiores. A função do extravasor é a de evitar enchentes.

 

O superintendente do Daemo, Valter José Trindade, junto com Gilberto Tonelli Cunha e o prefeito Geninho (DEM) vistoriaram o local e classificaram o acontecimento como “prejuízo”, adiantando que a recuperação não ficará por menos de R$ 100 mil, segundo cálculos iniciais.

 

Segundo o histórico, a “Represa do Recco” (“apelido” recebido por estar situada em área antes pertencente à família Recco) foi construída em 1962 e o sistema de extravasores de concreto, que funciona como uma caixa de contenção contra cheias no Córrego Olhos D’Água, é do início da década passada, projeto do engenheiro olimpiense Kokei Uehara, ex-catedrático da cadeira de Hidráulica da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo.

 

O prefeito anunciou o problema por meio do microblog Facebook, logo compartilhado pelo vereador Gerolim: “Infelizmente uma noticia desagradável, caiu a parede de flexação lateral da represa do Recco, construída na década de 70, mais gastos que não estavam em nosso planejamento. Vamos em frente”, postou, ipsis literis, o prefeito.

 

Já o secretário Cunha disse ao Portal de Notícias que ainda não há riscos consideráveis, e que o local está sendo monitorado e avaliado cada desdobramento, esperando a chuva diminuir. “A saída será a construção de uma nova lateral, uma parede com oito metros de altura, 20 metros de largura e 15 centímetros de espessura, de concreto”, a um custo estimado de R$ 100 mil.

Comentários