Olímpia é a nona entre 104 em analfabetismo

Dados do IBGE apontam que mais de 2,8 mil olimpienses não sabem ler ou escrever

 

Olímpia é a nona cidade entre 104 municípios da mesorregião em percentual de analfabetismo. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística-IBGE, a cidade tem, hoje, 2.801 analfabetos, em todas as faixas etárias, ou 5,6% da população. Este índice e número de habitantes eram bem maiores no Censo apurado em 2000 – 8,6% ou 4.302 habitantes analfabetos.

 

Os dados foram divulgados esta semana. Olímpia mantém índices superiores aos do Estado, que em 2000 eram de 6.6% e em 2010, de 4.3% da população paulista.

 

Aliás, a taxa de analfabetismo em cem das 104 cidades da mesorregião pesquisadas pelo Instituto é mais alta do que a média do Estado. Somente Rio Preto, Bady Bassitt, Barretos e Ilha Solteira ficaram com índices abaixo ou iguais ao da média estadual. Segundo o levantamento de 2010, a média estadual é de 4,3% de analfabetos.

 

Porém, em Dirce Reis a porcentagem de habitantes que declarou não saber ler nem escrever é de 13,9%. Em Mesópolis e Guzolândia, a porcentagem é de 13,6% cada.

Comentários