OFC pode desistir dos jogadores do SPFC

Alviceleste teria que pagar total ou parcialmente salários; Niquinha aguarda resposta a ofício encaminhado a Aidar

O presidente do Olímpia FC, Antônio Delomodarme, o Niquinha, informou na manhã de ontem ao Planeta News que poderá declinar da oferta feita pelo presidente do São Paulo FC, Carlos Miguel Aidar, de liberar até 10 jogadores do elenco são-paulino para o Alviceleste. O problema está no fato de que, ao contrário do que pensava e divulgou à imprensa, estes jogadores não viriam a custo zero.

“Ele (Carlos Miguel) queria que nós pagássemos pelo menos a metade dos salários, e aí não compensa”, disse Niquinha. O presidente encaminhou ofício a Aidar neste sentido, e aguardava resposta para o final da tarde de hoje, sexta-feira.

Niquinha informou que ao saber das intenções de Aidar, ligou para ele e o presidente do Tricolor solicitou que fosse encaminhada uma proposta por ofício, o que foi feito, observando que os atletas só seriam aceitos se fosse a custo zero. “Pensei que fossem de graça”, disse ele ao Planeta. “Eu liguei para ele e ele perguntou se eu pagava pelo menos a metade. Eu disse que não, que não tenho condições. Então ele pediu que encaminhasse o ofício”, relatou o presidente.

Niquinha calcula que cada garoto daquele deve ganhar algo em torno de até R$ 10 mil e pagar a metade que seja dos quatro que havia pré-selecionado implicaria num gasto que poderia ter contratando, por exemplo, jogadores da própria Divisão, com mais experiência. “Com esse dinheiro traria quatro ou cinco que viriam para resolver a situação (do time)”. Ele disse aguardar resposta para até o final da tarde de hoje, sexta-feira.

“Não sendo de graça, não nos interessa. Se for para pagar, trazemos da Divisão, com mais experiência”, completou.

Os jogadores colocados à disposição do Olímpia FC na semana passada são: Silas, zagueiro destro; Polidoro, idem; Vencatto, zagueiro canhoto; Lucas Valença, zagueiro destro; Robinho, meia-atacante; Gabriel Pereira, meio de campo; Gabriel Machado, lateral esquerdo; Lucas Kali, zagueiro; Robertinho, meia, e Bruno, atacante. O presidente havia se decidido por Vencatto, Robinho, Gabriel Pereira, Robertinho e Bruno. Agora pode ser que não venham mais.

Comentários