Município recebeu ‘patrulha agrícola’ de R$ 1,3 milhão

Máquina niveladora, caminhão e pá carregadeira chegaram e já começam a operar na segunda feira, garante secretário Bertoco

A prefeitura de Olímpia recebeu na semana passada, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Indústria e Comércio, um lote de maquinário chamado “patrulha agrícola”, para uso exclusivo no setor da agricultura, informou esta semana o secretário Dirceu Bertoco. Trata-se de um valor total de R$ 1,3 milhão, com uma contrapartida próximo de R$ 100 mil da prefeitura.

O lote é composto por uma motoniveladora e uma pá-carregadeira, ambas zero quilômetro e com ar condicionado, que foram fornecidas pela CASE, e um caminhão basculante zero, que foi fornecido pela FORD. As duas empresas venceram o pregão de oferta realizado na o passado. A compra destes equipamentos era planejamento do secretário para ser cumprido em quatro anos, mas foi realizado em dois.

E este é um motivo de comemoração, no entender de Bertoco, que diz hoje ter uma Secretaria em perfeitas condições de atender aos agricultores. “Estas máquinas serão usadas especialmente na agricultura, e não serão usadas no sistema de pátio”, observa Bertoco. Elas deverão ficar no local que estiverem sendo usadas e o funcionário vai até lá de manhã bem cedo. “Isso garante maior funcionalidade e evita desperdiçar tempo com a locomoção”, explica.

As máquinas e o caminhão estão expostos na Praça da Matriz desde o início da semana, e ficarão até este sábado. Elas também poderão ser usadas nos serviços urbanos da prefeitura, mas só quando não houver necessidade de socorro aos ruralistas. O lote foi liberado pela CAIXA no dia 12 passado.

“Quando eu assumi esse compromisso na Secretaria da Agricultura, eu sabia da dificuldade que íamos ter, mais eu não podia ser omisso de deixar de dar a minha contribuição pela agricultura, eu tinha que dar minha cota de participação”, começou dizendo Bertoco na quarta-feira de manhã, em entrevista coletiva. “Eu tinha um projeto que, se eu conseguisse trazer estas máquinas zero para a agricultura de Olímpia em quatro anos eu já estaria feliz, mas com dois anos e meio isso aconteceu. Estou muito feliz”, complementou.

Além de uma máquina niveladora, um caminhão basculante e uma pá carregadeira, o município recebeu também recentemente um ônibus zero quilômetro, que segundo Bertoco, “será para servir o pessoal da agricultura, da indústria e do comércio, da Terceira Idade, moradores das comunidades rurais”.

Quanto às máquinas, “a partir de segunda feira elas vão para a agricultura. Estou pagando seguro de todos esses maquinários. Outro detalhe, eles não irão todo dia ficar vindo pelo asfalto. Vão ser abastecidos na Zona Rural mesmo, de onde estiverem vão dando seguimento ao trabalho nas estradas”, explicou. O secretário destacou a colaboração da Açúcar Guarani, que tem sempre colaborado nas questões da Secretaria.

MATABURROS
Dirceu Bertoco disse também que tem outro projeto em vias de implantação, que é a solução permanente da questão relativo ao mataburros. “Hoje nós passamos por uma fase muito difícil com relação aos mataburros, porque não se acha mais aqueles trilhos de aço (de linha de trem), e não há mais condições e nem devemos comprar madeira, fazer com madeira e depois vir um bitrem (caminhões pesados de cana) e arrebentar com tudo”, explicou.

“Nós (Secretaria e Açúcar Guarani) estamos buscando um projeto que a usina em Jales fez, que é um projeto com ferragens e concreto. A prefeitura arca com todo os custo do mataburro, mas onde a usina tem seus interesses, ela ajuda em uma parte dos custos. A ideia é fazer o tipo cabeceira, não se faz mais aquele mataburro enterrado no chão. Hoje coloca-se o mataburro”, explicou Bertoco.

“Eu não vou dizer que vai dar tempo de resolver todos os problemas da agricultura (durante sua gestão), mas grande parte deles eu acho que nós vamos deixar solucionado”, completou.

Comentários