Moto bate em caminhão e funcionário da Usina morre

O funcionário da empresa Guarani S/A, Adelino Pires da Silva, de 42 anos, que residia na Rua A, número 31, Jardim Novo Pedregal, morreu de forma instantânea em um acidente de trânsito no final da manhã de ontem, quinta-feira, 13, por volta das 11h30, no trevo da Rodovia Assis Chateaubriand, SP-425.

 

O acidente, envolvendo uma motocicleta da Guarani e uma carreta da empresa que aparentemente pertence à MG Entreposto de Carnes, de São Paulo, ocorreu no trevo da Rodovia de Acesso Wilquem Manoel Neves, conhecido como “Trevo da antiga Cutrale”, principal saída de Olímpia para Barretos.

 

Pela posição dos veículos, a motocicleta vermelha conduzida por Silvio trafegava pela SP-425 no sentido Barretos, enquanto a carreta atravessava a pista, provavelmente para seguir em direção a São José do Rio Preto.

 

Com o choque contra o tanque de combustível do lado esquerdo da carreta, Silva foi jogado embaixo das rodas da carreta. No local, a motocicleta ficou caída ao lado do truck na parte traseira da carreta (reboque) e o corpo à frente do mesmo truck, mas embaixo da carreta, com o capacete mostrando perda de massa encefálica. As causas do acidente serão apuradas pela perícia da Polícia Técnica de Barretos.

 

“Foi um acidente violento”, observou o sargento Obrigon, do Corpo de Bombeiros de Olímpia. Segundo ele, a moto ficou totalmente destruída e o corpo de Silva com múltiplas fraturas nos membros superiores e inferiores e ainda ferimentos considerados gravíssimos no abdome e na cabeça. “Houve fratura na parte do crânio”, concluiu.

Comentários