Moradores elegem presidente

Moradores elegem presidente da Associação de Bairro do Santa Ifigênia

 

 

Quase 200 pessoas compareceram para votar; eleição teve seis candidatos na disputa

 

Na noite de ontem, 18, no CRAS II, no Jardim Santa Ifigênia, foi realizada eleição para escolha do presidente da Associação de Bairro. Compareceram ao local para votar, 189 pessoas, que escolheram entre seis candidatos para a presidência da entidade.

Foi eleita com 71 votos, Juliana Costa, conhecida como “Fuminho”. Outro candidato, Flávio, teve 54 votos. O candidato Miro teve 28 votos, Vitor teve 14, Chera, 13, Miguel, 4, Tarneber 3, e Flava, dois votos 2.

“Fuminho”, como é conhecida no bairro a presidente eleita, é empresária, proprietária do restaurante “O Tempero do Vô Dolfo”, localizado na Constitucionalistas de 32. Tem 37 anos, e é nascida e criada no bairro. Morou por alguns anos fora do país, mas está de volta há mais de um ano. “Fuminho” é casada com o suíço Roland Rigoliti.

“A ideia da criação da Associação de Bairro do Santa Ifigênia, surgiu depois do caso que repercutiu regionalmente, de Pedro Henrique Pereira de Jesus, de apenas 8 anos, que morreu depois de torcer o pé na escola e peregrinar em busca de atendimento médico”, disse Juliana.

Segundo “Fuminho”, a intenção da Associação é ouvir os moradores, elaborar as reivindicações do bairro e encaminhá-las às autoridades.

“Vamos nos organizar oficialmente, ter estatuto e tudo mais que for preciso, e já estamos consultando advogado para isso. Queremos também promover palestras e oficinais para a nossa comunidade, e principalmente termos voz perante nossas autoridades. Nosso bairro esta carente de tudo, limpeza, melhoria na saúde, infraestrutura, projetos sociais e educação. Para se ter uma ideia, quando chove, os bueiros transbordam, de tanta sujeira neles, mas fica sem pagar um mês de água que eles vêm correndo cortar. Vamos lutar por nossos direitos de cidadãos de forma organizada e ordeira”, declarou a presidente.

A presidente eleita também agradeceu a presença do grande número de pessoas. “Ficamos muito satisfeitos com a participação, eu até me emocionei, ainda mais com minha votação. As pessoas deixaram seus afazeres e vieram aqui depositar confiança e principalmente esperança de luta por um Santa Ifigênia e Boa Esperança melhores e mais justos”, completou.

 

 

Comentários