Mistura de álcool e direção provoca duas mortes

Tríplice colisão na Armando de Sales Oliveira ainda deixou cinco feridos       

 

Como resultado da fatídica mistura de álcool e volante, dois jovens perderam a vida em um acidente envolvendo três veículos, na noite de domingo passado, 15, por volta das 19h30, no quilômetro 440 da Rodovia Armando de Salles Oliveira (SP-322), nas proximidades da saída para a estrada do Bairro Rural Córrego do Capim. O acidente ainda feriu outras cinco pessoas, todas moradoras em Severínia.

 

De acordo com a polícia, o instrumentista Ailton Lira da Silva, de 31 anos, que reside na Cohab III, e Bruno Gonçalves Bitencourt, de 18 anos, tiveram morte instantânea. Ficaram feridos: Diego Matos Pagiato, de 18 anos; Anderson Rodrigo Teixeira, 19 anos (teve fratura no fêmur); Elismarco Almeida Chaves, de 25 anos; Bruno dos Santos Santini, de 17 anos, e Rafael Figueiredo, os dois últimos medicados e liberados em seguida na Santa Casa. Os demais ficaram internados em observação.

 

O acidente envolveu um Kadett, 1992, com placas BLQ 9200, de Cajobi, que pertence a Valdete Alves de Almeida Cunha, que era conduzido por Bruno Gonçalves Bitencourt, de 18 anos que, ao que se informa, não era habilitado; um Gol, ano 2001, com placas DDL-4435, que era conduzido por Ailton Lira da Silva, de 32 anos; e o Voyage, ano 2008, com placas EFP-8281, de São José do Rio Preto, em nome da BFB Leasing S.A Arrendamento Mercantil, dirigido por Antonio Alves Moreira Neto, de 52 anos.

 

No local do acidente, segundo foi apurado inicialmente, Bruno tentou ultrapassar o Voyage, mas acabou chocando lateralmente com esse carro. Em seguida, com o carro desgovernado, aconteceu o choque transversal com o Gol, conduzido por Ailton Lira.

Comentários