Fundo sorteou na quarta a casa do ‘Mão na Massa’

Projeto que ensina mulheres a trabalhar na construção civil terminou com apenas sete alunas

 

O Fundo Social de Solidariedade de Olímpia sorteou na noite de quarta-feira, 15, entre as setes mulheres que participaram até o fim do Programa “Mão na Massa”, a casa construída por elas durante o curso de aprendizado para o setor da construção civil. O programa, lançado no dia 5 de maio do ano passado, começou com 20 mulheres que queriam ser pedreiras, fechou com apenas sete interessadas. E uma delas levou a casa construída nos fundos da Cohab IV.

 

As sete remanescentes que concluíram o curso de profissionalização feminina na área da construção civil foram Sueli Regina da Rocha, Edaine Araújo Pereira, Dulcinéia Batista da Silva, Juliana Cristina de Freitas, Leisa Michele dos Santos e Leonice Martins da Silva Silvestre. Esta última foi a ganhadora do imóvel. O projeto levou mais tempo que os 150 dias programados, exatamente pelos problemas de desistências.

 

Haverá uma segunda fase do projeto, com novas inscrições de mulheres interessadas, e de novo o sorteio da futura casa, desta vez num terreno que será desmembrado do Residencial Quinta das Aroeiras, entre os 21 naquele empreendimento que pertencem à prefeitura. A ganhadora é prima do vereador José Elias Morais, o Zé das Pedras.

Comentários