Cunha vai gastar R$ 14,7 milhões com viaduto e duplicação de acesso

Se juntado a outro gasto com pontes na avenida, o total supera a casa dos R$ 16,4 milhões; são obras visando facilitar o acesso ou embelezar o caminho de turistas na cidade

Prefeito Fernando Cunha

O prefeito Fernando Cunha vai mesmo levar a cabo sua decisão de gastar quase R$ 15 milhões para construir um  viaduto de grandes proporções na entrada da cidade pela vicinal Álvaro Britto, começando na altura das entradas dos conjuntos Quinta da Colina e Quinta das Aroeiras, e com a duplicação da via de acesso Wilquem Manoel Neves, a partir do Hot Beach até o trevo.  A primeira obra está orçada em mais de R$ 9,1 milhões e a segunda, em mais de R$ 5,54 milhões. Se somados a estes montantes mais cerca de R$ 1,7 milhão a ser gasto com  pontes na avenida, a  previsão total de gastos superará a casa  dos R$ 16,4 milhões.

O detalhe é que no que diz respeito ao “minhocão” da Álvaro Britto, o prefeito deverá realizar a obra antes mesmo da liberação de recursos prometidos pelo governador Márcio França, que deixa o cargo no final do mês. Cunha estaria “pagando para ver”, ou seja, usaria recursos próprios na esperança de vir a verba do Estado.

Segundo  o Planeta apurou a obra em questão irá provocar uma mudança radical naquele trecho entre o trevo de Severínia e as entradas das Cohabs I e II, talvez até sendo necessárias desapropriações. Este “minhocão” iria facilitar  os acessos para  os conjuntos residenciais  Quinta das Aroeiras e Quinta  da Colina, se estendendo depois até o encontro com a Avenida Cinquentenário do Folclore Olimpiense, que demanda ao Jardim Harmonia. Dali, de certa forma “jogando” os turistas para a porta de entrada do Hot Beach.

Já a duplicação da Wilquem Manoel Neves, que faz a interligação da cidade com o chamado “Trevão da Cutrale”, só agora se tornou necessária, devido ao Hot Beach estar bem às margens daquela vicinal. Uma pista extra irá facilitar também o acesso ao clube.

O “minhocão” de Cunha foi viabilizado por meio da concorrência nº 04/2018, com o objeto “Contratação de empresa especializada com fornecimento de materiais, mão de obra e equipamentos, para construção de dispositivo de acesso – SPA 442/322 – Rodovia Álvaro Brito, Km 2+900, no município de Olímpia/SP”.

Foram habilitadas a disputarem o certame as empresas CMB Construtora Moraes Brasil Ltda, TCL Tecnologia e Construções Ltda, e ETC Empreendimentos e Tecnologia em Construções Ltda. Ainda foi inabilitada a empresa TSP Construtora, Engenharia e Soluções Ambientais Ltda-EPP.

A empresa TCL – Tecnologia e Construções Ltda, com o valor total de R$ 9.196.577,44, foi consagrada vencedora, ao passo que em 2º lugar ficou a ETC Empreendimentos e Tecnologia em Construções Ltda., com o valor total de R$ 11.563.581,13; em 3º lugar ficou a empresa CMB Construtora Moraes Brasil Ltda., com o valor total de R$ 11.564.627,94.

Já com relação à duplicação da vicinal, tratou-se da Concorrência nº 02/2018, com o objeto “contratação de empresa especializada com fornecimento de materiais, mão de obra e equipamentos,  para execução de duplicação da Via de Acesso Wilquem Manoel Neves, do KM 0,00 ao 3,50. Até a SPA 137/425 – Rodovia Assis Chateaubriand, no município de Olímpia/S P”.

Participaram do certame as empresas Mattaraia Engenharia Indústria e Comércio Ltda, CMB Construtora Moraes Brasil Ltda, ETC Empreendimentos e Tecnologia em Construções  Ltda, TCL – Tecnologia  e Construções Ltda, Concergi Construção, Máquinas  e Serviços Eireli, e a Datec Pavimentação e  Terraplanagem Ltda, sendo  inabilitada a TSP Construtora,  E engenharia e Soluções Ambientais Ltda-EPP.

As propostas foram as seguintes:  1º lugar a empresa Concergi Construção, Máquinas e Serviços Eireli,  com o valor total de R$ 5.541.633,12;  2º lugar a empresa TCL – Tecnologia e Construções  Ltda com o valor total de R$ 6.056.685,36; 3º lugar a empresa DATEC Pavimentação e Terraplanagem Ltda,  com valor total de R$ 6.526.329,21, em   4º lugar a empresa Mattaraia Engenharia Indústria e Comércio Ltda, com o valor total de R$ 7.240.113,36 e  5º lugar a empresa ETC Empreendimentos e Tecnologia em Construções Ltda. com o valor total de R$ 7.919.126,60. Foi  declarada vencedora,  então,  a  Concergi.

No caso da construção das pontes a adjudicação  foi feita  em nome da empresa Zênite Engenharia de Construções Ltda,  pelo valor total de R$ 1.715.279,18, cujo objeto é da Tomada de Preços nº 17/2018, “relativo à Contratação de empresa especializada com fornecimento de materiais, mão de obra e equipamentos para construção de pontes na  Avenida Aurora Forti Neves,  sobre o Córrego Olhos D’água,   no Município de Olímpia/SP”. O recurso para esta obra vem  do  Contrato de Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento – FINISA  - Contrato n° 0500032 – DVº: 71,  da Caixa Econômica Federal.

Comentários