Cerca de duas mil pessoas viram desfile de terça

Mau tempo afugentou pelo menos 80% do público esperado; expectativa era de recorde de espectadores

 

Mesmo com as fortes chuvas que caíram na cidade na noite de terça-feira, 4 de março, entre 18h30 e 21 horas, cerca de duas mil pessoas foram às praças da Matriz e Rui Barbosa assistir aos desfiles de encerramento do Carnaval-2014, o "Folcfolia".

O tempo ruim derrubou em pelo menos 80% o público esperado, que a comissão acreditava que ficaria muito acima daquele que compareceu nos desfiles de domingo, 2, estimado extra-oficialmente em cinco a oito mil pessoas pela comissão organizadora. O secretário municipal de Esportes, Cultura, Turismo e Lazer, Guto Zanette, acreditava que os desfiles de terça-feira teriam recorde de público.

Mas, a chuva não permitiu. Ainda assim, foi grande o público que depois dos desfiles permaneceu na praça, para o baile com o grupo Ki-Bacana, embora em menor número que nas noites anteriores. Não há estimativa de público para as noites de bailes, mas este público pode ter girado entre 1 mil a 1,5 mil pessoas a cada noite.

Na noite de terça, a primeira escola a desfilar, a Samba Sem Compromisso, entrou no trajeto já eram 21h35, na noite em que seu diretor, Flávio Pavese, havia prometido que entraria no horário estipulado, ou seja, 20h30. Porém, a chuva não deixou. Mas, quando a escola entrou, ironicamente, o público, mesmo com chuva, era maior do que aquele que estava presente no domingo por volta das 20h30.

Eram 22h15 e a Samba Sem já estava subindo a Bernardino de Campos. Às 22h30 a Unidos da Cohab já estava iniciando o trajeto, com uma estrutura diferenciada daquela vista no domingo.

À frente tinha um carro de som com sambas-enredo anunciando a escola, seguido do carro alegórico "Saci", depois outro carro de som da Tuti Resort - que este ano fez parceria com a escola e colocou seus hóspedes para desfilar ao som de música eletrônica, incluindo a abominável "Lepo-Lepo". Só depois de tudo isso é que passou a escola, propriamente dita, a partir do carro alegórico do "Boitatá".

Junto à escola, numa das alas, uma comissão de frente formada por rio-pretenses. Ali estavam a Rainha, o Rei, a Princesa e uma Musa carnavalesca, todos de São José do Rio Preto. Os desfiles terminaram às 23h30, praticamente no mesmo horário de domingo, mesmo começando uma hora mais tarde.

Comentários