Casos de dengue crescem mais de 20% em 28 dias

Saúde e Vigilância Epidemiológica ressaltam importância da nebulização e da colaboração da população no combate ao mosquito

Os casos de dengue em Olímpia aumentaram 20.6% em menos de um mês, segundo recente levantamento divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, por meio do Setor de Vigilância Epidemiológica. No final da primeira quinzena de maio, quando foi decretado estado de epidemia para a doença, eram 334 os casos confirmados e a esperança de que, com o clima mais frio e menos chuvoso, houvesse queda no número de doentes e criadouros.

No entanto, 28 dias depois, o que a cidade vive é um crescimento considerável na infestação, conforme os últimos números divulgados. Esta semana os casos da doença subiram para 403.

A Estância Turística de Olímpia segue o trabalho de combate à dengue com procedimentos de nebulização e medidas conscientizadoras para evitar a proliferação de mosquitos e o aparecimento de novos casos. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde o município registra ainda um total de 803 notificações.

Dos 403 casos confirmados, 370 são autóctones e 33 são importados. O município registra 230 casos negativos e um total de 170 pacientes estão aguardando o resultado. Até o momento nenhuma morte foi registrada devido à doença e nenhum paciente foi contaminado pela febre chikungunya ou a febre Zika.

A Secretaria Municipal de Saúde e a Vigilância epidemiológica ressaltam a importância da nebulização e a colaboração da população no combate ao Aedes aegypti, e alerta que verifiquem possíveis criadouros.

Comentários