Blog denuncia que Saúde ‘desinvestiu’ 23,4% na compra de remédios em 2018

‘O administrador reduz a compra de medicamentos e contrata empresas para, na teoria, recepcionar as pessoas para dizer que não tem medicamentos, ou que devem aguardar’

O blog “O Transparente” está divulgando mais uma denúncia, e de novo com foco no setor da Saúde da Estância Turística de Olímpia, desta vez trazendo números “que traduzem parte do investimento em Saúde no município de Olímpia”.

Desta vez o levantamento foi feito no âmbito da compra de medicamentos para distribuição aos cidadãos. “Assunto polêmico, que pode ou não garantir uma condição de vida saudável”, diz o autor do blog. “Avaliamos os valores das aquisições da área e identificamos um novo desinvestimento, que em 2018 remonta a R$ 283 mil, comparado a 2017”, prosseguiu.

“O ‘X’ da questão”, continua o texto, “não está no valor que foi reduzido, mas sim no valor que poderia ter sido aplicado se o município tivesse mantido o percentual de investimento de anos anteriores”. Em 2016 o município investiu 4,78% do orçamento da Saúde em medicamentos. Em 2017, houve tímida ampliação, investindo 4,80%, porém em 2018 o percentual investido foi de diminutos 3,68%, ou seja, investiu-se mais na Saúde e muito menos em medicamentos, de acordo ainda com o texto do blog.

“A redução do investimento em medicamentos foi de 23,4% comparando a despesa liquidada em 2018 pela Secretaria de Saúde”, complementa.

“Na contramão do desinvestimento em medicamentos, identificamos a ampliação na contratação de serviços de portaria e recepção, com duas empresas que em 2016 foram de R$ 265 mil, em 2017 foram ampliados para R$ 448 mil (69% comparando a 2016), e em 2018 foram a incríveis R$ 738 mil (65% comparado a 2017, 178% comparado a 2016)”, enfatiza.

Comentários