Auto Viação Suzano assume transporte coletivo 2ª feira com tarifa reajustada de novo

Este será o terceiro aumento nas tarifas do transporte coletivo praticado pelo prefeito Cunha, o segundo em pouco mais de quatro meses, que no caso do transporte urbano já é de 26%

Pouco mais de quatro meses após o último reajuste, o prefeito Fernando Cunha (Sem partido) acaba de autorizar mais um aumento nas tarifas do transporte urbano coletivo, incluindo as linhas de Ribeiro dos Santos e Baguaçu. A justificativa de agora é que a partir de segunda-feira, dia 12 de agosto, a Auto Viação Suzano assume os serviços e a Progresso e Desenvolvimento Municipal-Prodem fez a solicitação via ofício. Assim, a tarifa urbana passará para R$ 4,10, para Ribeiro dos Santos R$ 4,55 e para Baguaçu, R$ 5,20.

Este é o terceiro aumento de tarifas praticado pelo prefeito Cunha, que na somatória 2018/2019 já chega aos percentuais de 26% para as tarifas urbanas, 24,5% para o Distrito de Ribeiro dos Santos e 24,5% para Baguaçu. A elevação de agora em relação ao aumento anterior, de abril passado, foi de, respectivamente, 2,5% (de R$ 4 para R$ 4,10), 1% (R$ 4,50 para R$ 4,55), e 4% (R$ 5 para R$ 5,20).

O aumento foi praticado por meio do Decreto 7.523, de 7 de agosto de 2019, conforme publicação na edição de ontem, quinta-feira, 8 de agosto, do Diário Oficial Eletrônico. O inteiro teor é o seguinte:

“Dá nova redação ao artigo 4º do Decreto nº 4.880, de 10 de dezembro
de 2010. FERNANDO AUGUSTO CUNHA, Prefeito Municipal da Estância Turística de Olímpia, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições legais e, Considerando o Ofício nº 126/2019, datado de 07 de agosto de 2019, de autoria do Diretor Presidente da PRODEM; Considerando o procedimento licitatório na modalidade Concorrência Pública nº 01/2019, relativo à concessão de serviço de Transporte Coletivo de Passageiros do Município de Olímpia/SP; Considerando o disposto na cláusula quarta do contrato n.º 21/2019, que prevê os novos valores de tarifas, D E C R E T A: Art. 1º - O artigo 4º do Decreto nº 4.880, de 10 de dezembro de 2010, que outorga permissão precária para exploração do transporte coletivo urbano de passageiros, estabelece o preço público de gerenciamento, fixa tarifa e dá outras providências, passa a vigorar de acordo com a seguinte nova redação:

Art. 4º - A tarifa regular e as tarifas para os Distritos de Ribeiro dos Santos e Baguaçu serão fixadas, respectivamente nos valores de R$ 4,10 (quatro reais e dez centavos), R$ 4,55, e R$ 5,20, com vigência a partir de zero horas do dia 12 de agosto de 2019 (...).”

Há pouco mais de quatro meses atrás, sob um argumento nada plausível de que era necessário evitar uma paralisação dos serviços de transporte coletivo da Estância Turística de Olímpia, o Executivo praticou o que está chamou de “realinhamento de valores” nas tarifas dos ônibus urbanos e dos que fazem a linha dos distritos. Era o segundo reajuste autorizado pelo prefeito Fernando Cunha, alcançando então a média de quase 22% entre 2018 e este ano, média esta que agora subiu para 23,96%, ou seja, quase 24%.

Em 2019, os dois aumentos de tarifas já somam, respectivamente, 13,5%, 13,5% e 12,69%. Isso pode tratar-se, sim, de um realinhamento a fim de contemplar os valores a serem arrecadados pela futura concessionária.

Comentários