‘Pupilo’ e ‘ex-pupilo’ de secretária de Assistência protagonizam escândalo na cidade

Um dos envolvidos é marido de conselheira tutelar que tenta a reeleição, outro é candidato à função pela primeira vez; o primeiro é diretor na Assistência, o segundo, ex-contratado do setor

Conselheira e candidata a reeleição Cíntia e seu esposo Paulo Rogério no momento em que eram filmados por Thiago

O dia, tarde e noite de quarta-feira, 27, foi de intensa movimentação nas redes sociais, principalmente nos grupos de WhattsApp, pelos quais circularam vídeos e áudios do entrevero escandaloso entre o marido de uma conselheira tutelar candidata à reeleição e de um candidato à função pela primeira vez. Houve bate-boca, ameaça de morte, xingamento de “corno”, carros trombando e até agressão física dentro da Delegacia de Polícia, onde foram registrados nada menos que três boletins de ocorrência na noite de quarta e início da madrugada de quinta-feira, 28.

Nos BO’s, feitos por Cíntia Roberta Balieiro, depois pelo seu marido, diretor do CRAS III da Assistência Social de Olímpia, Paulo Rogério Pércio, e por por Thiago Degaspere, conhecido por Titi. Cíntia alegou que estava sendo desmoralizada nas redes sociais por Titi, Rogério Pércio disse que Titi o ameaçou, o chamou de “corno” e bateu com seu carro em movimento na traseira de sua camionete, e Titi, por sua vez, disse que Rogério é que bateu com sua camionete contra o seu carro, que estava estacionado em frente a um bar, no Santa Rita.

O pior foi quando os três se encontraram na Delegacia e Titi passou a fazer vídeo de Cintia enquanto ela conversava com uma amiga de Titi, queixando-se das ações dele contra ela nas redes sociais. Quando ela percebeu que estava sendo filmada, aproximou-se e disse para ele filmar e entregar o vídeo “para a Dra. Maria Cristina e para seus seguidores”. Dra. Maria Cristina é a promotora dos Direitos da Criança e dos Adolescentes.

O marido de Cíntia, que estava do lado de fora da sala, ouviu a conversa e entrou se dirigindo para Titi e, segundo mostra o vídeo, ao tentar atingi-lo acaba por atingir a amiga que se posicionou entre os dois.

PONTO DE PARTIDA
Antes de chegar a este estágio das desavenças, houve uma passagem que pode ter sido o estopim de tudo. O casal foi visitar esta semana a conhecidíssima internauta Alessandra Bueno, que habitualmente grava vídeos para seu Facebook fazendo denúncias contra a administração e críticas a desafetos. Cíntia tirou uma foto ao lado dela e publicou em seu Facebook, apesar das advertências de Bueno.

Tudo indica que Titi não gostou da manobra e passou a espalhar nos grupos de WhatsApp áudios, onde Rogério Pércio fala coisas desabonadoras e respeito de Alessandra Bueno. E a partir daí as desavenças começaram.

QUEM SÃO
Pércio é funcionário público municipal concursado e lotado na Secretaria de Assistência Social, onde exerce a função de diretor do CRAS III. Thiago Degaspere, por um bom tempo foi funcionário contratado por Cristina Reale para, segundo ela, ministrar palestras sobre bullyng. Porém, há denúncias de que a real função de Titi na Assistência era atacar os desafetos do governo por meio de memes ou perfis fakes.

Ele e Pércio trabalharam juntos neste período, e hoje Titi insinua que seu desafeto também é responsável por muita coisa que foi publicada sob perfil fake ou meme na internet. Titi, por fim, hoje é desafeto da secretária, contra quem já publicou vários textos ameaçadores e foi ameaçado em contrapartida. O mais grave deles foi o que acusa Cristina Reale de não ter-lhe pago por serviços prestados.

Comentários