Vereador diz que feriado do 20 de novembro pode voltar

Antonio Delomodarme, o Niquinha (PTdoB) disse ao Planeta que este ano não há possibilidades, mas que irá conversar com o prefeito sobre 2018

O vereador Antonio Delomodarme, o Niquinha (PTdoB), disse haver possibilidades de o feriado de 20 de novembro, Dia da Consciência Negra, voltar a ser adotado em Olímpia. Ele foi o autor do requerimento que deu origem à Lei Municipal, em 2008. Porém, após sete anos de implantação da lei originada do PL de Niquinha, o governo municipal de então decidiu por revoga-la, em 2015, quando completaria seu oitavo ano de vigência.

“Este ano não tem mais como, está descartado, está muito em cima da data”, disse o vereador à reportagem do Planet News. Ele informou que está tentando fazer voltar o feriado de Zumbi. “Há grande possibilidade para o ano que vem”, disse. Falou também que já conversou com o prefeito Fernando Cunha sobre o assunto na segunda-feira da semana passada.

A data foi tornada oficial por meio de indicação de autoria do vereador Antonio Delomodarme, que se transformou no projeto de Lei 4.073, do Executivo, aprovado em 10 de novembro de 2008, e já colocado em prática naquele 20 de novembro. A partir dali ficou criado o terceiro feriado municipal, por meio da Lei 3.328, de 12 de novembro. Porém, sete anos depois, por meio da Lei nº 3.929, de 15 de abril de 2015, aprovada pela Câmara, o feriado foi revogado.

Consta que a lei foi revogada após um pedido dos próprios comerciantes, pois “prejudicava a atividade comercial” em Olímpia. Assim, os feriados municipais são 2 de março (aniversário da cidade), 24 de junho (Dia do Padroeiro, São João Batista) e a Sexta-Feira da Paixão.

A data de 20 de novembro foi escolhida para a celebração do Dia da Consciência Negra por ser esse o dia da morte de Zumbi, líder do Quilombo dos Palmares, morto no ano de 1695. O objetivo era fazer uma reflexão sobre o relevo da cultura e do povo africano e o impacto que tiveram na evolução da cultura brasileira.

TURISMO: 20 MIL NO FERIADO
Apesar do Dia da Consciência Negra não ser mais feriado municipal na Estância Turística de Olímpia, mas pelo fato de que muitas cidades do país aderiram à data nos calendários oficiais, A Capital do Folclore e Paraíso das Águas Quentes deve ser o destino de milhares de pessoas neste fim de semana prolongado, uma vez que o feriado cai na segunda-feira.

A Pesquisa de Expectativa de Ocupação da secretaria de Turismo, aponta que a hotelaria local espera uma ocupação média de 78,7%. Com isso, em relação ao total de leitos cadastrados, a estimativa é de que a cidade hospede 23.388 pessoas, durante os três dias, de 18 a 20 de novembro.

O relatório ainda demonstra que 31,1% dos meios de hospedagem respondentes preveem uma taxa de ocupação de 100%, permanecendo lotados durante todo o feriado, e 48,2% da hotelaria espera ocupação entre 60% e 99%.

Comentários