Prodem voltará para Rodoviária e terceirização pode estar em curso

Cunha, que alugou casa por R$ 7 mil mensais fala em economia de recursos para ter tomado a decisão; mas observadores não descartam que estaria em curso a terceirização destes serviços

A Prodem – Progresso e Desenvolvimento Municipal dará início nesta sexta-feira, dia 22, ao processo de mudança de endereço. O órgão, que atualmente ocupa um imóvel na Rua Conselheiro Antônio Prado, no centro, passará a atender no andar superior da Estação Rodoviária “Paschoal Lamana”, a partir da próxima semana.

O governo municipal diz que a medida visa gerar economia anual de mais de R$ 84 mil aos cofres públicos, já que o prédio da Rodoviária pertence ao município. Atualmente, a casa e o depósito que são ocupados pela Prodem estão alugados. O depósito onera a quantia mensal de R$ 2 mil e o imóvel, R$ 5 mil. Além da economia, a transferência de local permitirá melhoras significativas na prestação de serviços para o cidadão, até mesmo na parte de trânsito e da fiscalização do transporte público.

Porém, apesar de todos estes argumentos, comenta-se nos meios políticos que o prefeito estaria desenvolvendo projetos no sentido de terceirizar todos os serviços prestados hoje pela empresa, desincumbindo o município de encargos maiores, e a própria empresa da responsabilidade da contratação de funcionários. Porém, por hora são apenas especulações calcadas na sanha “terceirista” do prefeito Fernando Cunha (PR).

Em razão da mudança, os atendimentos prestados pela Prodem poderão ser prejudicados, principalmente em relação ao atendimento ao público no antigo prédio. O telefone (17) 3280-1050 também estará comprometido até que a linha seja completamente transferida. O serviço de e-mail estará disponível pelo [email protected].

O novo espaço está recebendo ainda obras de acessibilidade. O diretor-presidente da Prodem, Leandro Pierin Gallina, acredita que na próxima semana os serviços já estarão normalizados.

Comentários