Palco “Iseh Bueno de Camargo” contagia público no Fefol

Da assessoria

Um espaço aconchegante e bem localizado, montado de forma que o público se sinta parte das apresentações, bem próximo dos integrantes e de seus espetáculos. Esse é o Palco B do 53º Festival do Folclore de Olímpia, localizado em meio ao parque de diversões do Recinto e nas proximidades das barracas de alimentação. Leva o nome da pesquisadora Iseh Bueno de Camargo, folcloróloga de Pirangi-SP e amante do festival por mais de 20 anos. O Balé Folclórico Sisais, de Pocinhos, na Paraíba, estreou no Fefol este ano e sua primeira apresentação ocorreu no sábado, no palco B.

O coordenador Evandro Gomes disse que “o grupo está em êxtase por participar do maior festival de folclore do País. As pessoas são hospitaleiras, carinhosas e nos recebem muito bem. A estrutura do festival é maravilhosa e estamos muito bem acomodados”, disse o coordenador.

O Sisais trabalha com jovens, adultos e idosos a inclusão social por meio das artes, desde 2005. No segmento teatro, realiza todo ano a encenação da Paixão de Cristo. Desenvolve oficinas de danças e música ao ar livre. Ensina a confeccionar instrumentos musicais como flauta doce, violão, sanfona, tudo com material reciclável. No repertório, estão o xaxado, coco, maracatu e caboclinhos. Conta com cerca de 50 pessoas, entre atores, bailarinos e músicos, que se dividem entre jovens, adultos e idosos. O grupo é inédito no Festival.

O PALCO

O palco “Iseh Bueno de Camargo” já recebeu dezenas de grupos. No sábado, dançaram Caboclos e Rei de Congo do Mestre Bebé e Orquestra Sanfônica Trupé do Sertão, ambos de Major Sales, Rio Grande do Norte; Grupo Parafolclórico Terra da Luz, de Fortaleza, Ceará; o Brasil Central, de Anápolis, Goiás; e Grupo Expressão Popular Flor e Barro, de Caruaru, Pernambuco. No domingo, se apresentaram o Grupo Folclórico Aruanda, de Belo Horizonte, Minas Gerais; o Bumba Meu Boi Brilho da Ilha, de São Luiz do Maranhão; Tradições Populares Acauã da Serra, de Campina Grande, Paraíba; a CIA de Danças Folclóricas Trilhas da Amazônia, de Belém do Pará; o Tradições Folclóricas Raízes Nordestinas, de Fortaleza, Ceará; e o Tradições Culturais Xuatê Carajás, de Parauapebas, no Pará. Na segunda-feira, não houve programação, por conta de um problema técnico.

Terça-feira (08), além do Sisais, se apresentaram o Grupo Parafolclórico Pôr do Sol, de Quinta do Sol, Paraná; o Grupo Folclórico Aruanda, de Belo Horizonte, Minas Gerais; o Raízes Nordestinas, de Fortaleza, Ceará; Caboclos e Rei de Congo do Mestre Bebé e Orquestra Sanfônica Trupé do Sertão, todos de Major Sales, no Rio Grande do Norte; e o Terra da Luz, de Fortaleza - CE.

Veja abaixo a programação para os próximos dias:

 

DIA 10/08/2017 - QUINTA - 20h

Grupo de Tradições Culturais Xuatê Carajás – Parauapebas – PA

Balé Folclórico Sisais - Pocinhos – PB

Orquestra Sanfônica Trupé do Sertão – Major Sales – RN

Caboclos e Rei de Congo do Mestre Bebé de Major Sales – RN

Grupo Folclórico Aruanda – Belo Horizonte – MG

Bumba Meu Boi Brilho da Ilha – São Luiz do Maranhão – MA

 

DIA 11/08/2017 - SEXTA - 20h

Grupo Parafolclórico Frutos do Pará – Belém – PA

Grupo Parafolclórico Pôr do Sol – Quinta do Sol – PR

Associação Folclórica Reisado Sergipano e Bumba Meu Boi – Guarujá – SP

Grupo de Arte e Tradição Estampa Gaudéria – Xangri-lá – RS

Grupo Parafolclórico Terra da Luz – Fortaleza – CE

Fitas Grupo de Tradições Folclóricas – Montes Claro – MG

CIA de Danças Folclóricas Trilhas da Amazônia de Belém – PA

 

DIA 12/08/2017 - SÁBADO - 20h

Grupo Folclórico e Religioso Moçambique de São Benedito – Lorena – SP

Grupo de Tradições Culturais Xuatê Carajás – Parauapebas – PA

Congada Três Colinas – Franca – SP

Terno de Moçambique Diamante – São Sebastião do Paraiso – MG

Caboclos e Rei de Congo do Mestre Bebé de Major Sales – RN

Orquestra Sanfônica Trupé do Sertão – Major Sales – RN

Balé Folclórico Sisais – Pocinhos – PB

Grupo Folclórico Brasil Central – Anápolis – GO

Bumba Meu Boi Brilho da Ilha – São Luiz do Maranhão – MA

Grupo Expressão Popular Flor e Barro – Caruaru – PE

--

Comentários