Nilton Martines lança pré-candidatura a deputado estadual

Médico olimpiense fez o pré-lançamento de sua busca por uma cadeira na Assembleia pelo PSB, na noite de sexta-feira

Dr Nilton Martines

O médico olimpiense Nilton Roberto Martines reuniu algumas dezenas de pessoas na noite de sexta-feira passada, 25 de maio, para o lançamento do que está chamando de pré-candidatura a deputado estadual, pelo PSB. Além do prefeito Fernando Cunha PR), também discursaram no evento os deputados Caio França, estadual, filho do governador de São Paulo, Márcio França, e Valdomiro Lopes, federal, todos enaltecendo o nome de Martines e falando da importância de sua presença, em nome de Olímpia, na Assembleia Legislativa.
“Eu fico feliz demais, em um evento como esse, ver tantos amigos presentes”, disse o pré-candidato, saudando os presentes. “Vivemos numa região absolutamente sub-representada”, prosseguiu, observando que há ajuda de deputados à cidade, com verbas e emendas parlamentares, mas, no entanto, “eles não são daqui”.
“Será que é isso que a nossa região merece?”, perguntou, criticando, por exemplo, o tempo de 30 dias para atendimento de pacientes no Hospital do Câncer, em Barretos, quando “cinquenta por cento da verba é da nossa Diretoria Regional de Saúde”. Martines sugere que cada região do Estado e do País tenha seu representante político para defender os interesses de cada uma dessas regiões.
“Há quanto tempo o governador não senta na cidade de Olímpia e recebe aqui um político? Nós nos acostumamos a ser pequenos, mas está na hora de mudarmos isso. Está na hora de alguém dizer ‘não, Olímpia não é a maior, mas tem que ser a melhor’. Olímpia e região”, propôs. Mas, a seu ver, é preciso que a cidade tenha força política. E esta força se obteria, conforme seu raciocínio, elegendo-se deputado local.
“Na nossa região, 33% do Orçamento das prefeituras vai para a Saúde. O governo joga nas costas dos prefeitos uma responsabilidade que é dele”, criticou o pré-candidato.
“Não sou político profissional, eu gosto é da medicina. Mas, chegou o momento de nossa região, da cidade que me adotou, dos meus amigos de Altair, Severínia, Cajobi, todos, de nos unirmos. Convivermos em harmonia. Não importa se o prefeito é do contra ou a favor. Quem perde com isso é a população. E o político tem que ver o bem estar dela. Tem que prover a Saúde, a Educação, Saneamento Básico. É isso que funciona”, afirmou.
Ele disse que ficará feliz se outros candidatos da região forem eleitos deputados, porque, conforme sua avaliação, “não temos nenhum deputado que lute pela nossa região, vivemos de migalhas”.
Martines pediu que seja feita uma união, visando mudar a relação política com o governador do Estado. E que tenha um deputado estadual para cobrar do governo “o que a cidade merece”. Martines disse ainda terá prazer em ajudar a fazer da nossa região, “uma região de primeira qualidade”.

Comentários