Educação garante Período Integral e diz que fila das vagas caiu

Devido a informações chegadas à redação dando conta de que ano que vem não haveria creches com Período Integral no município, Planeta News questionou a Secretaria

A Secretaria Municipal de Educação garantiu ao Planeta News que o Período Integral na Rede Municipal de Ensino está garantido para o ano que vem, “de acordo com a necessidade e demanda de cada Unidade Escolar”. No período de 7 às 17 horas, seis EMEBs e creches estarão atendendo às crianças. No tocante às vagas para as crianças, a Secretaria também garante que não haverá problemas e que há 239 vagas no total para 2018. Leia, abaixo, a íntegra do questionário:

Planeta: Como está no município a situação relacionada ao período integral?
Educação: A Rede Municipal de Ensino continuará ofertando escolas de período integral, assim como, salas de período complementar de acordo com a necessidade e demanda de cada Unidade Escolar.

Planeta: Não haverá creches do município com este regime para o ano que vem? Se sim, em quais creches e em que períodos?
Educação: Sim haverá atendimento em período integral de acordo com a demanda e localização da Unidade Escolar. O período integral continuará sendo ofertado das 7 horas às 17 horas, oferecendo aos alunos no período da manhã componentes curriculares da Base Nacional Comum e no período diverso componentes da parte diversificada, ambos os períodos com aulas e projetos ministrados por professores e acompanhados por monitores.
As creches que oferecerão período integral: EMEB Narizinho, EMEB Professora Vandelice de Oliveira Santos Cudinhoto, EMEB Visconde de Sabugosa, Creche Cidade da Imaculada, Creche Cidade Mirim de São João Batista, Instituto Santa Filomena de Proteção ao Menor.

Planeta: Quantas crianças serão atendidas por este sistema?
Educação: Até a presente data (7/12/2017) serão atendidas no ano de 2018 (O número de atendimento poderá ser alterado por ainda haver vagas disponíveis): 1.051 alunos nas creches municipais e 161 nas creches filantrópicas; 1.153 alunos na Pré-Escola municipal e 160 nas escolas filantrópicas; 3.196 alunos no Ensino Fundamental, 105 alunos na Educação de Jovens e Adultos (EJA) e 101 no Atendimento Educacional Especializado (AEE).

NO TOCANTE ÀS VAGAS:
Planeta: É verdadeira a informação de que a fila aumentou?
Secretaria: Não, não houve aumento.
Planeta: Como está a situação para 2018?
Educação: Até a presente data temos a oferecer: 63 vagas para etapa Berçário; 60 vagas para etapa Maternal I; 116 vagas para etapa Maternal II, portanto 239 vagas.
Planeta: Houve queda na lista de espera? Ou aumento?
Educação: Houve queda.
Planeta: No primeiro caso, por causa de quais medidas?
Educação: Devido ao estudo de projeção de salas das unidades escolares e demanda de alunos por bairro, aumento de salas em algumas creches e atendimento em uma nova creche em 2018 (EMEB Dona Benta) no bairro Morada Verde.

Comentários