Acervo do Museu mudará de prédio para restauração do atual

Casarão escolhido já foi sondado para ser clínica geriátrica, mas soube-se depois de sua inadequação por infestação de escorpiões

As mais de três mil peças que compõem o valioso acervo do Museu de História e Folclore “Maria Olímpia” serão transferidas para outro endereço, o casarão no alto da David de Oliveira, para que o prédio atual, também naquela mesma rua, três quarteirões abaixo, possa passar por reforma e restauração. O casarão, hoje, é um imóvel integrado ao acervo histórico da cidade.

Este prédio, onde residia o patriarca da família David Oliveira, já foi sondado tempos atrás por um profissional médico da cidade para montar uma clínica geriátrica, mas acabou desistindo após ser informado que o local, devido a um porão existente, estava infestado de escorpiões. Ali também funcionou, por algum tempo, uma pousada.

A partir da próxima segunda-feira, dia 2 de outubro, o atual prédio do Museu estará fechado para avalização, na qual será emitido laudo técnico sobre as condições estruturais do local para posterior início da reforma e restauração.

Os arquitetos Rosely Mayse Seno e Sérgio Carvalho, realizaram prospecções nas áreas molhadas que compõem a edificação e diagnosticaram que as antigas vigas de ferro –parte da técnica construtiva– apresentam deterioração grave. “Isso pode colocar em risco os frequentadores, funcionários, o próprio patrimônio edificado, acervo histórico e folclórico de que é constituído”, explica Rosely Seno.

A especialista lembra que a última revisão estrutural foi executada em 1980 e as vigas que ali permanecem datam de 1910, aproximadamente. “O prédio necessita, portanto, de reforço estrutural, revisão dos barrotes que dão sustentação ao piso de madeira, trocas de tábuas corridas deterioradas, reposição de ladrilhos hidráulicos danificados, restauração das esquadrias originais, higienização, descupinização e outras medidas necessárias, inclusive com relação à área expositiva”, afirma a arquiteta e diretora do Museu.

De acordo Rosely, por se tratar de um prédio histórico, todos os cuidados para a manutenção das características originais da edificação serão tomados e acompanhados por especialistas, inclusive com relação à manutenção das técnicas construtivas que o caracterizam.

No imóvel da David Oliveira será instalado todo o acervo folclórico do Museu. O acervo da história de Olímpia será devidamente guardado, até que a reforma do Museu seja concluída.

Comentários