‘Não vou me calar’, diz vereador Flávio Olmos

O vereador do DEM encaminhou resposta, que segue na íntegra abaixo, referente à publicação feita pelo Planeta News na edição de sexta-feira passada, tratando dos projetos de sua autoria

Vereador Flávio Olmos

Em referência a matéria veiculada na edição da última semana do Jornal Planeta News, que trouxe no título: “Niquinha pede respeito a Olmos e critica projetos inconstitucionais”, o vereador Flávio Olmos (DEM) contestou a publicação do jornal, disse que se trata de inverdades e solicitou ao jornal o direito de resposta, enviando à Redação sua nota de esclarecimentos.

Em sua nota, Flávio Olmos explica que o jornal se equivocou ao contabilizar a votação dos projetos em 7 votos contrários a 1 favorável. “Na verdade, dos seis projetos de minha autoria, cinco deles a votação teve 6 vereadores contrários, contra apenas 3 vereadores favoráveis ao projeto e contrários ao parecer da Comissão de Justiça e Redação. Apenas um dos projetos é que teve a votação em 7 a 1”, disse o vereador em sua resposta.

Ainda em sua nota, Flávio Olmos explica ainda que a sua atuação na Câmara, aliada a grande transparência do seu mandato tem incomodado alguns vereadores da base do prefeito, que mantem uma linha de trabalho diferente da sua. “Têm pessoas que estão incomodadas com a nossa atuação na Câmara, mas não vou me calar. Não vão me apagar”, disse Olmos, repetindo o que já havia dito na tribuna da Câmara.

Ele explica que dentre as atribuições dos vereadores está a apresentação de Projetos de Lei que beneficiem a população e a fiscalização dos gastos do Poder Executivo”. “Sou um dos únicos vereadores, ou talvez o único, que tem cobrado sistematicamente o prefeito através de requerimentos de pedidos de informações. A população tem reconhecido isso nas ruas e isso incomoda”, prosseguiu o vereador.

Sobre a alegação de Niquinha de que alguns dos seus Projetos de Lei são inconstitucionais, Flávio Olmos rebate. “Antes de apresentar os projetos, nós estudamos bastante, conversamos com o corpo jurídico e pesquisamos a tramitação dos projetos em outros municípios. Infelizmente, o que me estranha bastante é que somente em Olímpia os pareceres são contrários. Os mesmos projetos em outras cidades não são inconstitucionais”, rebate. “Talvez é porque o autor sou eu e não faço parte da bancada. Ou seja, não é verdade que os projetos são inconstitucionais. Os pareceres e opiniões é que são contrários. São coisas diferentes. Um parecer de Comissão é a opinião de um ou dois vereadores”, complementa Olmos.

Sobre sobre a falsa acusação de que está jogando a população contra quem vota contrário a seus projetos de lei, o vereador Flávio Olmos disse também se tratar de inverdade. “Quem me acompanha sabe que desde fevereiro, todas as segundas-feiras faço o convite para a população acompanhar a sessão da Câmara. E na terça-feira publico os resultados das votações de todos os projetos de minha autoria. Foi assim nas 32 sessões ordinárias de 2017 e continuará sendo”, disse o vereador. “O internet está aí, é aberta a todos, basta acessar minhas redes sociais e ver que nunca jogamos nenhum vereador contra a população. Nunca pedi ao cidadão para cobrar o seu vereador na votação de algum projeto. E olhe que a grande maioria dos projetos vão de encontro com os anseios da população”, disse.

Pra finalizar, Flávio Olmos disse ter sido eleito para defender a população contra a velha política e a falta de transparência. “Entendo que estou no cumprimento da única coisa que prometi quando fui eleito, que é ser transparente e estar verdadeiramente ao lado da população, doa a quem doer”, concluiu o vereador em sua nota.

Comentários