‘Duvido que alguém construa mais casas que Geninho’, desafia Pimenta

O ex vice-prefeito e atual presidente da Câmara elogiou a dinâmica do ex-prefeito, lançando ainda outro desafio: ‘Duvido que a cidade possa crescer como cresceu nos últimos oito anos’

O ex vice-prefeito da gestão Geninho (DEM) e atual presidente da Câmara de Vereadores, Gustavo Pimenta (PSDB) lançou dois desafios ao atual Governo, em discurso da Tribuna na sessão de segunda-feira passada, 26. “Duvido que na história dessa cidade alguém possa construir mais de três mil casas como Geninho construiu”, disse ele logo no início de seu pronunciamento, fechando com “duvido muito que a cidade possa crescer como cresceu nos últimos oito anos”.

Os comentários vieram a propósito da entrega das 596 novas moradias do conjunto habitacional Vida Nova Olímpia, do Minha Casa, Minha Vida, no sábado passado, para cuja cerimônia o ex-prefeito não foi convidado a participar, embora políticos sem tradição na cidade vieram, como Orlando Bolçone, candidato derrotado a prefeito de Rio Preto, e Valdomiro Lopes, ex-prefeito daquela cidade, seu “padrinho“ na candidatura. Eles não têm sequer cargos de deputados.

“Eu não poderia deixar de manifestar, em relação as 596 casas que foram construídas e entregues nesse último final de semana, casas essas que se iniciaram na Administração passada, na administração do prefeito Geninho. Nós não estamos defendendo nem uma, nem outra Administração. Mas eu duvido que na história dessa cidade alguém possa construir mais de 3 mil casas como o Geninho construiu , por meio do programa Minha Casa, Minha Vida, em ambas as faixas”, disse.

Pimenta lembrou que hoje o ex-prefeito ocupa um cargo no governo de Estado, exatamente no setor da habitação.  foram mais de 3 mil casas na cidade de Olímpia. Então, há situações em que deve ser criticado, mas existem outras que deve ser elogiado, já que Geninho promoveu uma grande revolução nas moradias em Olímpia. Vamos ver agora os próximos governos, a cidade cresceu muito nesses últimos anos, mas no futuro eu duvido muito que a cidade possa crescer como cresceu nos últimos oito anos”, concluiu.

VIDA NOVA OLÍMPIA
No último sábado, dia 24 de junho, feriado municipal do padroeiro da cidade, São João Batista, 598 famílias receberam as chaves das casas do Residencial Vida Nova Olímpia - módulos I, II, III e IV. O projeto, com a primeira etapa finalizada em apenas 10 meses, é uma parceria da construtora Grupo Pacaembu com a Prefeitura de Olímpia e financiamento da Caixa. A Caixa Econômica Federal já investiu em Olímpia, até a gestão passada, mais de R$ 20 milhões em moradias populares.

TREVO DE ACESSO
Durante a cerimônia de entrega das 598 unidades habitacionais foi anunciada a construção de um trevo de acesso ao novo bairro. Atualmente, para se chegar ao loteamento é necessário utilizar a Avenida Alberto Oberg, que também dá acesso aos moradores dos residenciais Morada Verde e Harmonia. Com o novo projeto, a entrada e saída para aqueles moradores poderá ser feita pela Via de Acesso Álvaro Brito, que liga a Rodovia Armando de Salles Oliveira à Avenida Desembargador José Manoel Arruda, facilitando o tráfego no local. O Grupo Pacaembu será responsável pelo empreendimento, cabendo à construtora a elaboração e o desenvolvimento do projeto, de acordo com as Diretrizes Municipais, e à Administração Municipal a aprovação do projeto junto aos órgãos competentes e demais trâmites necessários, além da execução das obras.

Comentários